novembro 27, 2005

"John Barleycorn"


Nas “Memórias de um Bebedor” (no original John Barleycorn) Jack London defende-se de John Barleycorn e, com uma escrita sublime e arrojada revela algumas peripécias da sua vida, não que elas não fossem do domínio público mas quase com certeza afirmo que Jack as escreveu para o despertar de consciências de Vagabundos futuros. Não sendo sua intenção fazer deste livro uma Auto Biografia. London leva para o esclarecimento que a companhia de Jack Barleycorn foi o ponto de partida para a sua auto-destruição.
A dada altura diz" E contudo o que eu conto sucedeu-me a mim próprio, em carne e osso.Trata-se de uma experiência vivida e não de uma especulação teórica.É na minha opinião, um exemplo impressionante do extrordinário poder de John Barleycorn[...] (1)

Capitulo I (1)
Apresento John Barleycorn

John Barleycorn, de quem eu era o intérprete, ia revelar os seus mais íntimos segredos num acesso de transbordante franqueza".

“Existem, geralmente falando, dois tipos de bêbados um é que nós todos conhecemos, estúpido, sem imaginação, cujo cérebro está ceio de caprichosas manias e se estatela frequentemente na valeta […] O outro tipo de bêbedo tem imaginação e visões […] Não é o seu corpo que está embriagado mas o cérebro […] É a hora em que chega John Barleycorn e em que ele vai empregar toda a sua sagacidade para exercer o seu poder.”

Tudo isto não convém de modo algum a homem, criado para viver, amar e ser amado. Contudo o suicídio, rápido ou lento […] tal é o preço que cobra John Barleycorn, nenhum dos seus amigos escapa ao cumprimento deste regulamento equitativo”

Jack London foi um Vagabundo em Fuga pelo Mundo, mas nunca, absolutamente nunca, nunca teve um momento de tranquilidade” (1)
Morre em 1916, suicidou-se na companhia de John Barleycorn.

Perguntar-se-ão, afinal quem é John Barleycorn?

(1) "Memórias de um Bebedor” uma edição da Editorial Inquérito, julgo ser anterior a 1943, está estratégicamente posicionado numa estante da BV. É, e sempre será um livro de eleição.
Tudo bem eu confesso, já foi devorado várias vezes.

As Fugas do Vagabundo

69 comentários:

lique disse...

Dele, li sobretudo alguns contos. Estou a lembrar-me de "To build a fire", brilhante! O livro que citas, ainda não o li. Mas fica a sugestão.
Beijos

Mikas disse...

Aqui vai um beijinho de resto de bom fim de semana e um melhor início de semana.

Passarinha disse...

beijos da MC

Caiê disse...

Essa teoria dos 2 tipos de bêbedos é muito interessante...

Lilis disse...

Ainda não li nada dele, mas fiquei curiosa....Bom resto d fds e boa semana ;)

wind disse...

John é ele próprio. Muito bom este post, pela informação e cultura que demonstras e partilhas. beijos

Å®t_Øf_£övë disse...

Gosto de ler o teu blog, porque tem um conteudo muito interessante, e hoje a musica também está demais.
Boa semana.
abraço.

Mocho disse...

"Memórias de um bebedor"? Tenho que ler essas teorias; é que eu, quando estou com um copo a mais, assumo o bêbado perigoso, i.é, parece que não dou uma para a caixa e que no outro dia não me lembro de nada mas estou muito atenta e nunca me esqueço de cada palavra dita na noite anterior. Para variar, tambem não conhecia este tipo. Arre, só tu para me fazeres sentir "muito burra" como diz a outra. Será que se me sentar no sofá durante uns largos minutos...não, pois não? Pois, tambem acho que não. Um beijo, meu nobre!

Mocho disse...

Tem uma óptima semana e noites descansadas, meu nobre e distante vagabundo!!!

marakoka disse...

gostei de saber
tenho de ler
jocas maradas de maradas

Micas disse...

É sempre um enorme prazer vir aqui, saímos enriquecidos. Grata pela partilha. Quanto ao livro, não conhecia, mas fiquei deveras curiosa e vou ter que ler :)
Um boa semana :)

lazuli disse...

O que aprendo contigo..

anatema disse...

Excelentes tus sugerencias. Te felicito por tu exposición. Saludos amigo.

Naked Lunch disse...

Li. É um dos meus preferidos de London, pelo que mostra do autor e da própria época.

Gosto mesmo do tom do blog e das sugestões que vais dando. Grande abraço.

¦☆¦Jøhη¦☆¦ disse...

Creio que deve ser mais uma leitura que vale a pena, também tenho gostado da música que colocas no teu blog.

Um abraço, João.

Phonseka disse...

Não conheço o livro, mas acredita que fiquei interessado em ler...

Belo texto, um pouco alcoolico, pois vou agora mesmo agarrar uma garrafa de vinho e enjorca-la guela abaixo - sempre gostei desta expressão - .

P.S.: É mentira, não gosto de vinho, vai ser uma cervejita...

Abraço vagabundo...

Vai uma Mine?

Mocho Falante disse...

esta questão dos "bebados" é algo que muito me interessa até porque trabalhei com grupos de alcoolicos e muito me ensinaram na forma de ver a vida. Esta teoria dos 2 tipos de bebados é de facto interessante. Agora vou ali à livraria comprar o livro e já volto.

Abraços

merdinhas disse...

A estante do vaga mundo...
não pergunto quem é J.B porque um livro do J. London vem a calhar para esta altura. Depois de o ler voltarei a este post.

Solariso disse...

Deixo uma boa sugestão leitura na Blogosfera

Paulo Malekith Rema,
Prosa e Poesia em estados alternados de ebulição. 1974 - Tempo Contínuo

http://www.paulomalekithrema.blogspot.com/

lena disse...

sempre muito interessante passar por aqui, sempre com boas informações
não li o livro que referes mas é uma boa sugestão, já muito ouvi sobre ele e aqui despertaste ainda mais a minha curiosidade
um obrigada pela partilha que fazes

beijinhos

lena

MRA disse...

London foi um vagabundo inspirador. É bom vagabundear pelo mundo e fixar as suas imagens...

Foi bom vasculhar por este Blog...vou voltar e recomendar.

Abraço

Armando S. Sousa disse...

Este livro de Jack London é excepcional, mas para mim, além de ser um panfleto anti-alcoolismo é também autobiográfico.
Um abraço Vagabundo.

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

sempre a aprender por aki.
bjx e até quinta ;)

Mendes Ferreira disse...

bom dia ...olha consegui entrar...boa.é que gosto de vir aqui colher sabedoria e já tava a ficar "zangada"....hoje foi fácil....beijos...e fico à espera de mais...

Mónica disse...

É sempre bom passar por cá, a cultura literária não ocupa espaço. Sempre que cá venho, aprendo uma coisa nova, mesmo que conheça a personalidade há sempre algo de novo para ficar a conhecer.

Um gatinho sorridente!

:)

TR disse...

Fabuloso, já sei que lacuna vou remendar desta vez. Conheço alguns contos (?) vagamente. Excelente!!

Anónimo disse...

Vivendo e aprendendo e por aqui aprendesse bastante:)
Ainda não li e ler realmente nunca foi o meu forte:(o que para mim é uma pena...

Beijokinhas,
Fica bem

Ass:www.barmaid.blogs.sapo.pt

Henrique Santos disse...

Sou um vagabundo da cultura, mas dela não fujo, absorvo-a...
Obrigado companheiro, Ricky

M.M. disse...

Olá,

Assim de repente, ocorrem-me vários bêbedos do segundo género. Autênticos génios, que conseguiram transportar para o papel, letra, tela, ou melodia as suas visões.

Um beijinho,

M.M.

KIM PRISU disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
KIM PRISU disse...

Les fleurs du mal que j´ai lu et relis pendent des années. Je me suis bien promené sur ce blog….

divergente disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
divergente disse...

Muitas boas leituras, há por aqui. Bom dia, eu, vou vagabundar pelo resto do blog.

vero disse...

Sempre a aprender!!!

Obrigada... por isso faço sempre questão de vir cá...

Beijinhos e boa semana! ***

:)))

Joao Soares disse...

Vi o teu comentario no Solariso.
Espero que aprecies o Bioterra!
Eis a noticia minha sobre Hundertwasser.
http://bioterra.blogspot.com/2004_10_01_bioterra_archive.html
Gostei muito do teu blogue.
Bem vindo à BioTerra:)
http://bioterra.blogspot.com

JG disse...

Não sei se já te disse mas acho que, se eu vivesse no Algarve, já tinha combinado contigo para nos encontrarmos no Seu Café em Faro para tomar uma ou duas bicas. Havia muitos motivos para conversa. É que são um raio de umas coincidências dos teus post com os meus gostos, que até parece coisa do "além".

Há uns 3 ou 4 anos que tenho à cabeceira um livro chamado "Memórias de um Alcoólico", de um tal Jack London, numa edição Antígona, datada de 2001, com uma bela tradução de Ana Barradas. Será o mesmo :-)))

Leio e releio esse livro. E a magra, que diz que é "escritora", diz que não há coincidências. Um abraço

JG disse...

Esqueci-me de dizer que nasci em Vila Real do Guadiana, tenho lá casa e estou a pensar ir lá no próximo dia 10 passar dois dias. Vê lá como está a tua agenda.

susana disse...

uma boa sugestão, a considerar.....é smp interessante vir aki ler uns magnificos posts.

Clitie disse...

Cá está!... È mais um que me apresentas e estou muito grata, não conhecia.

Bjk e até quinta

Vagabundo disse...

JG seria com imenso gosto que tomaria essas bicas ctg... mas nesse final de semana, é o tal que mete um feriado a 8, vou dar corda aos sapatos e vou até ao Alentejo... mas oportunidades não irão faltar.
Quanto ás "memórias de um bebedor",a minha edição é da Inquérito, com tradução de Campos de Lima, e é anterior a 1944, pelo que consegui apurar, daí o termo "bebedor".

Fica bem
Abraço Vagabundo

gaivotadaria disse...

Só posso dizer que lerei o livro já que li e reli este post e fiquei meio "cismada" :)
mais uma fuga mas esta parece-me ser um pouco mais complicada do que as anteriores, a mente humana é uma complicação "pegada", vagabundo da minha ria... Só lendo mesmo o livro para perceber Jack a sua luta e a sua rendição ao apelativo John...

funxinha disse...

passei por cá para mandar um bbeeeeijjjjooo...

Aromas Do Mar disse...

E cá vim eu actualizar-me e deixar-te um beijo e um :), hoje mais rasgado ainda ;)

Lina/Mar Revolto

Carlos disse...

Tentou mostrar a que ponto a vagabundagem pode chegar. Abraço.

Isabel-F. disse...

Não conhecia...

Gostei de ler.

Bjs

matilde disse...

Resolvi Colocar uma Sondagem no Blog a Nivel World Wide Web ...

Para que vocês possam-me dizer com toda a Sinceridade, Honestidade e Competência ...
Com Quem é que Eu pareço Mais, OK ...!?

Mil Bjks da vossa Matilde ...
E um Bom Feriado!

A.J.Faria disse...

Olá, Vagabundo!
Interessante sugestão de leitura.
Quando tiver disponibilidade, vou tentar ler!
Um grande abraço,

Betty Branco Martins disse...

Confesso que pouco sabia deste senhor, mas mais uma vez saio daqui com a sensação muito agradavel que aprendi algo. Vou procurar ler John Barleycorn.

Obrigada

beijinhos

Bom feriado

holeart disse...

CONTINUO A GOSTAR MUITO DA TUA GALERIA DE MALDITOS
BOM,
AGRADEÇO A TUA VISITA.
POIS... 1988
JÁ NAO ME LEMBRAVA
ZAPPA... TANTAS HORAS COM MINHA MULHER A ESCREVER AQUILO.
PEDE AOS TEUS LEITORES QUE OFEREÇAM TAMBEM ALGUMA ATENÇAO A EDGAR VARESE OU CAPTAIN BEEFHEART
UM FORTE ABRAÇO PARA TI


CESAR

Paula Raposo disse...

Quando te visito a ignorância é enorme!! Aprendo sempre...beijinhos, bom feriado

UGAJU disse...

Isto recordou-me o filme "voando sobre um ninho de cucos". Há comportamentos por osmose e os mais desviantes são os de maior contágio!
Abraço

Nina disse...

Bom feriado.

Beijinhos :)

JSilvio disse...

;) bom feriado por esses lados ;)

mfc disse...

Os malditos formidáveis prosseguem...
A genialidade sempre foi incompreendida.

Leonoretta disse...

ola.
(gostava de saber o teu nome)
colocas artigos muito engraçados, curiosos... gosto bastante.

abraço da leonoreta

francis disse...

Amigão, tens aqui um autêntico fórum! :-)
um grande abraço!!!

francis disse...

Amigão, tens aqui um autêntico fórum! :-)
um grande abraço!!!

Maria do Céu Costa disse...

Confeço que praticamente nada sabia sobre Jonh Barleycorn, a não ser ouvir falar do nome dele, mas saiu daqui e após esta leitura a saber muito mais. Beijinhos.

≈♥ Nadir ♥≈ disse...

Li o teu comentário sobre o encontro.
As fotos envias quando puderes.
Bjx e bom fim de semana

sue disse...

Isto anda a ficar contagioso!!

Cristina disse...

Olá Vagabundo,
Mais uma vez adorei ler.
Tem um óptimo fim de semana, e vi que foste ao encontro do Algarve, espero que te tenhas divertido
:)
beijinhu

Isabel-F. disse...

passei para te desejar um bom sábado.

Beijinho

Nihilus disse...

Muito louco...

Barleycorn sempre foi um dos meus favoritos e o post está mesmo muito bom!

Mendes Ferreira disse...

bom fim de semana....por aí ....a vagabundear. bjo.

Aromas Do Mar disse...

E então esse encontro no Algarve como é que foi, quero a reportagem, né?

Beijokas da Lina/ Mar Revolto

Yardbird disse...

E os Traffic editaram um álbum chamado "John Barleycorn must die" Um portento!

merdinhas disse...

Já tenho o livro. Vou lê-lo.

Anónimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP Lipitor low denisty radar detector stores Tv movie first love pasadena texas short term loans voyeur kissing

Anónimo disse...

That's a great story. Waiting for more. » » »