julho 25, 2005

TIBETE

Nunca li tamanha aberraçao, encontrei este texto na pagina da Embaixada Chinesa no Brasil.
"É um fato reconhecido universalmente por todos os países no mundo que o Tibete é uma parte inalienável do território chinês. Em 1959, o Governo Central da China realizou reforma democrática no Tibete à exigência de milhões de servos tibetanos e aboliu o sistema cruel de servidão. As numerosas massas populares, antes escravos, se tornaram assim dono do país em vez de escravos e começaram daí a usufruir os amplos direitos humanos e liberdades fundamentais. Contudo, uns muito poucos donos de servo do Tibete exilados no estrangeiro nunca podiam esquecer-se dos seus privilégios perdidos. Sob o respaldo de algumas forças internacionais, eles inventaram uma chamada " Questão dos Direitos Humanos no Tibete " para enganar a mídia internacional com o objetivo de separar o Tibete da China e restaurar seu estatuto dos donos de servo como no passado. Nesse contexto existe uma questão de Dalai Lama, que deixou de ser uma questão religiosa mas sim política. O grupo de Dalai trata-se de um grupo político separatista com organização e orientação e o próprio Dalai não é, de maneira alguma, exclusivamente uma figura religiosa mas sim um politiqueiro engajado nas atividades separatistas da Pátria. Foi chamado por Dr. Henry Kissinger, ex-Secretário do Estado dos Estados Unidos da América, como "monge político". Opomo-nos a que Dalai pratique quaisquer atividades separatistas em qualquer país ou região em qualquer qualidade e nem as personalidades oficiais de qualquer país ofereçam local para as atividades de Dalai sob qualquer título."
http://www.embchina.org.br/por/c12243.html

3 comentários:

mocho disse...

De acordo com a visão do Dalai Lama, o Tibete deveria ser transformado numa zona de paz onde seres humanos e animais co-existissem de forma harmoniosa, o que, para países como os EUA representa uma séria ameaça ao equilibrio político e às relações com a China. Há que travar esta filosofia de vida pela mentira e pela conspiração contra o santo monge e contra o povo tibetano martirizado. E assim vai o mundo.

Ana disse...

Dá vontade de escrever a antítese e colocá-la online de forma bem visível. Bora lá:
"É um facto reconhecido universalmente por todos os países no mundo que o Tibete é uma zona independente do território chinês. Em 1959 o Governo Central da China realizou uma invasão massiva do Tibete massacrando milhões de cidadãos tibetanos e instalou um sistema cruel de servidão." etc etc...
Este caso, que me toca pessoalmente, revolta-me e enoja-me. Mas como diz o Dalai Lama, há que enfrentar todas as contingências da vida pela perspectiva de que elas nos permitem evoluir e nesse sentido têm sempre algo de bom: se não fosse isto, o Budismo Tibetano não estaria tão espalhado como está. E espero ainda durante o meu tempo de vida ver os Chineses dali para fora, se puder ajudar a que isso aconteça, melhor...
Um abraço!

Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site... http://www.bbw-black.info/asian_american_film_yellow_face.html ervaring zyban Haynes manual jeep cherokee anti software virus Bbw in stockings thumbnails asian lesbian hoes asian girl personal peugeot czci zamienne Flat panel soft screen Gretchen mature Is internet advertising